Vigilantes alertam sobre paralisação na UERN

327

Por Coletivo Foque | Foto: Arquivo/Sindsegur

Nesta quinta-feira (28/9) o Sindsegur participou de mais uma reunião na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE). Na ocasião representantes do sindicato voltaram a denunciar a RN Segurança, que não está honrando com o compromisso de pagar os salários e as férias dos trabalhadores no devido prazo.

O representante da empresa solicitou um prazo de 30 dias para analisar detalhadamente as denúncias.  Uma atitude que demonstra desprezo com a situação dos salários atrasados dos vigilantes dos contratos com a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Secretaria Municipal de Educação (SME) e Secretarial Municipal de Serviços Urbanos de Natal (Semsur).

O Sindsegur alerta que vai continuar encaminhando todas as formas de luta até que a RN Segurança pague o que é devido aos trabalhadores. A partir da segunda-feira, dia 2, todos os postos de vigilância da UERN – Natal, Mossoró, Assu, Pau dos Ferros, Patu e Caicó, serão paralisados por tempo indeterminado.

Compartilhe