Por Coletivo Foque | Fotografia: Taian Marques

Segunda-feira, 5 de janeiro, o Sindsegur realizou duas assembleias no auditório do Sindicato dos Bancários. A primeira pela manhã e outra à noite com o objetivo de encaminhar a luta dos vigilantes patrimoniais do RN.

Na ocasião a diretoria do sindicato avaliou junto com a categoria o descaso do sindicato patronal com a data-base. Na avaliação dos trabalhadores a intenção os empresários só pensam em retirar direitos para aumentar ainda mais os seus lucros.

Porém, direitos, salários e emprego não são presentes dos patrões, são conquistas garantidas através da luta da classe trabalhadora. Diante desse cenário a categoria demonstrou disposição para vencer mais essa batalha. Nos dois horários em que foram realizadas as assembleias o auditório ficou lotado de vigilantes, homens e mulheres, que estão indignados com a falta de respeito desses empresários gananciosos.

Só a luta e a mobilização é capaz de garantir condições dignas de trabalho e avançar na defesa dos direitos. A primeira greve geral no Brasil, ocorrida há mais de 100 anos, é um grande exemplo disso. Um um século de lutas e muito sangue derramado para garantir o mínimo de dignidade, redução da jornada de trabalho, descanso remunerado, entre outros direitos históricos.

Se os patrões acham que vão se aproveitar da reforma trabalhista para aplicar seu pacote de maldades contra os trabalhadores estão enganados.

Diante de todos esses ataques, o Sindsegur, a Confederação Nacional dos Vigilantes, federações e sindicatos de vigilantes do nordeste organizaram uma intensa jornada de lutas. Vamos mandar mais um recado aos patrões que só pensam nos lucros e se negam a negociar. Se a luta é a única linguagem que eles entendem, vamos mostrar que não aceitamos nenhum direito a menos.

Este é o único caminho da classe trabalhadora para barrar a aplicação desta perversa reforma trabalhista que os patrões querem enfiar goela abaixo. Vamos resistir e unidos fazer valer nossos direitos. Juntos somos mais fortes.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here