Filme sobre um dos maiores atores potiguares será exibido no ‘América Latina no Cinema’

30

A edição de outubro do projeto América Latina no Cinema, iniciativa do Centro de Ciências Sociais (CCS) da UFRN, exibe nesta terça-feira, dia 10, às 18h45, no auditório da Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM), o curta-metragem Athayde (21 min, 2017), seguido do longa dominicano Dólares de areia (85 min, 2014). O projeto tem a coordenação do professor Gabriel Vitullo. A sessão é gratuita.

O curta documental Athayde revisita a vida e a obra do ator natalense Fernando Athayde, que ultrapassou as divisas do Rio Grande do Norte para conquistar os palcos do Brasil. Roteirizado e dirigido pelo realizador audiovisual Paulo Dumaresq, a obra fílmica é uma produção independente, que lança luzes sobre a trajetória do artista, com depoimentos de familiares e amigos.

Produzido na República Dominicana, o longa de ficção Dólares de areia conta a história de Noeli (Yanet Mójica), uma jovem dominicana que tenta se aproveitar dos turistas. Entre os seus clientes, mantém uma relação muito próxima com Anne (Geraldine Chaplin), uma senhora francesa que escolheu a ilha para passar o resto de sua vida. Yeremi, namorado da jovem, traça um plano para que Noeli convença Anne a levá-la para Paris, mas os sentimentos acabam se tornando ambíguos na medida em que a data da viagem se aproxima. O longa tem assinatura da dupla de cineastas Laura Amélia Guzmán e Israel Cárdenas.

Serviço:

Curta ATHAYDE
Ano: 2017.
Direção: Paulo Dumaresq.
Duração: 21 min.

Longa DÓLARES DE AREIA
Ano: 2014.
Nacionalidade: República Dominicana.
Direção: Laura Amélia Guzmán e Israel Cárdenas.
Duração: 85 minutos.

Local: Auditório da Biblioteca Central Zila Mamede da UFRN.
Horário: 18h45.

Fonte: Papo Cultura

Compartilhe