Diretoria do SINASEFE Natal participa de reunião com servidores do Campus Parnamirim

51
Arquivo Sinasefe

Atendendo a uma demanda dos servidores do IFRN Campus Parnamirim, membros da Diretoria Executiva do SINASEFE Natal participaram na manhã da última sexta-feira (15/12), de uma reunião com a gestão e com os servidores do Campus. O encontro contou com a assessoria jurídica do advogado da Seção, Carlos Alberto Marques Júnior.

A reunião teve como pauta buscar informações sobre o não direito de férias dos técnico-administrativos do Campus, que atuam no setor de ensino, no período programado pelos servidores. De acordo com os depoimentos dos servidores, a nova formatação vem causando transtornos para os profissionais, pois não foi discutida de forma coletiva, mas instituída de maneira impositiva pela Direção do Campus. A ideia da gestão era que as férias dos TAEs passassem a ser condicionadas às férias dos docentes, desconsiderando as necessidades dos servidores.

A coordenadora do SINASEFE Natal, Socorro Silva, ressaltou que é direito do servidor gozar as férias no período que lhe parecer mais adequado e que mesmo sendo necessário que as duas partes, trabalhador e instituição, entrem em acordo, os servidores não devem ser coagidos ou limitados na sua autonomia. “Os servidores devem ter autonomia de escolher o período que irão tirar férias, se existe uma política no campus instituída pela gestão e pelos servidores, não há problema, mas ela precisa ser acordada coletivamente com antecedência e não ser feita de forma impositiva sem discussão prévia e comunicada de maneira súbita, como os colegas servidores relataram aqui”, completou a docente.

De acordo com o diretor acadêmico do Campus, Filipe Quintais, e a coordenadora de Inovação e Pesquisa e diretora-geral em exercício, Andrea Pereira, houve uma falha na comunicação durante a implantação da nova política, pois não era intenção da Gestão do Campus Parnamirim que as medidas causassem conflitos na Instituição. “A tentativa da Gestão é resguardar que todos os setores do Campus desenvolvam suas atividades de maneira satisfatória e não sejam comprometidos durante o período de férias dos servidores”, comentou Andrea Pereira.

Ao final da reunião, o sindicato cobrou uma solução para o impasse entre os servidores e a Direção do Campus. Nesse aspecto, o diretor acadêmico, Filipe Quintais, garantiu que os servidores que não tiveram as férias homologadas, terão os seus processos revistos e poderão tirar férias no período anteriormente planejado, os demais terão a alternativa de negociar um novo período. Para evitar que situações semelhantes voltem a acontecer, servidores, sindicato e gestão acordaram uma nova reunião, dessa vez com a presença do diretor geral do Campus, Ismael Felix Coutinho Neto, que não pode estar presente pois está de licença médica.

Também participaram da reunião, os coordenadores gerais do SINASEFE Natal, Aparecida Fernandes e Joás Andrade, e o tesoureiro adjunto, André Nobre.

Fonte: Sinasefe RN

Compartilhe