Concurso da Saúde: Sinsenat protocola denúncia de irregularidades no MP e na SMS

66

Nesta quinta-feira (5), o Sinsenat esteve na Promotoria da Saúde e na Secretaria Municipal da Saúde (SMS), junto ao Conselho Regional de Psicologia, o Conselho Regional de Serviço Social e o SindSaúde, para protocolar um documento denunciando as ilegalidades no concurso da saúde, a ser realizado pelo município.

Além das Entidades acima, o documento também é assinado pelo Conselho Regional de Nutrição, o Conselho Regional de Fonoaudiologia e o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional.

Na SMS, foi realizada uma audiência sobre o conteúdo do documento, da qual saímos com os seguintes encaminhamentos:

1) O enquadramento dos servidores da saúde, que, para o concurso, estava incorretamente no Plano Geral, voltou para a sua carreira própria;

2) O Sinsenat pediu a inclusão, no concurso, das vagas para a área administrativa da saúde. O tema será debatido em reuniões futuras e em audiência pública na Câmara dos Vereadores;

3) A garantia da carga das 30h será objeto da Mesa de Negociação do SUS.

AUDIÊNCIA PÚBLICA

O Sinsenat solicitou, junto à vereadora Natalia Bonavides, uma audiência pública para tratar sobre o concurso e a inclusão das vagas para a área administrativa. A data será definida em breve.

#SomosDeLuta

DSC_0237
Foto: Arquivo Sinsenat

3456

Fonte: Sinsenat

Compartilhe