DIREITO AO NOSSO CORPO, LEGALIZA O ABORTO.

107

Texto e fotos: Taiana Marques

A tarde da última sexta (17/11) foi marcada por mais um ato de protesto das mulheres na luta pela descriminalização dos nossos corpos. Neste dia fomos mais uma vez às ruas de Natal/RN para mostrar que estaremos sempre mobilizadas contra esse sistema opressivo.

A PEC 181, que proíbe o aborto até em caso de estupro, é mais uma tentativa de afrontar ao nosso corpo. Todos os dias inúmeras mulheres morrem vitimas da lei, pelo proibicionismo, pelo sistema que criminaliza o direito de termos o direito de decidir sobre nosso corpo.

O discurso moralista e conservador que proíbe o aborto é tão hipócrita que se “diz” prezar pela vida. Mas que vida? O aborto, legalizado ou não, vai continuar sendo feito com uma pequena diferença entre as classes. As ricas vão abortar e as pobres morrerão.

O aborto é uma das principais causas de mortes maternas, em um país onde ainda se decide se estupro é crime. Por isso não nos cansaremos e seguiremos sempre a nossa luta até que todas sejamos livres.

Estupro é crime, aborto é direito.

Direito ao aborto legal, seguro e gratuito para todas as mulheres, JÁ!

 

 

Compartilhe