Ser mulher é luta que não cessa

149

Por Taiana Marques

Foto: Rogério Marques

Me pergunto todo dia:

Por que é tão difícil ser mulher?
Por que tanta importância e preconceito com a nossa roupa?
Por que tanta criminalização ao nosso corpo?
Por que tanta inferioridade ao gênero feminino?
Por que tanta culpa em cima de nós?
Por que tantos contra nós?
Por que tantos afazeres nas nossas costas?
Por que insistem no controle e no domínio de nós?
Por que tanto mal nos fazem?
Por que tantas mortas?

Não tenho as respostas para essas perguntas. Creio que ninguém as tenham também. São respostas difíceis de serem respondidas. O homem mata porque sim e pronto, maltrata porque quer e pronto. É isso.

Parece que o significado de mulher é sofrimento e a tese da nossa vida é a tortura. Não fomos feitas pra viver plenamente, fomos criadas para obedecer, seguir o padrão e não abrir a boca nem pra dizer piu nessa sociedade misógina.

Os dados da violência contra nós são alarmantes, assustadores, terríveis. De acordo com o Relógio da Violência, a cada dois segundos uma mulher é vítima de assedio físico ou verbal, a cada dois minutos uma mulher é vítima de arma de fogo. Você tem noção do perigo?!

QUE SOCIEDADE DOENTE É ESSA QUE ACHA QUE TEM DIREITO DE INVADIR MEU CORPO
PELA FORMA QUE ME VISTO, PENSO, ME COMPORTO OU PORQUE SIMPLISMENTE QUER?

Eu quero e eu tenho o direito de viver em um mundo onde eu possa sair de casa e saber que voltarei viva, que eu possa ter a liberdade para me vestir como eu quiser e que eu possa ter autonomia o suficiente pra fazer macho entender que um não é NEGAÇÃO e não permissão.

Eu não quero mais ter que mudar de direção ou apressar os passos ao perceber que só tem eu e um homem na rua. Eu quero ser livre, assim como a humanidade deveria ser. Eu quero ser respeitada pelo fato que me deves respeito e não porque estou acompanhada de um homem.

QUE FIQUE BEM CLARO QUE EU NÃO MEREÇO O RESPEITO, POIS ELE JÁ É MEU, VOCÊ SÓ DEVE RESPEITAR.

Ser mulher é viver receosa, é viver em luta constante, pois enquanto escrevo isso mulheres apanham. Enquanto você lê mulheres sangram. E ao terminar essa frase, MULHERES MORREM.

A luta não cessa até que todas sejamos livres.

Compartilhe