A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) inicia, nesta sexta-feira, pesquisa com o intuito de monitorar o real quadro de contaminação dos profissionais da categoria pela Covid-19. Além de disponibilizar o questionário diretamente para a categoria, a FENAJ também o enviou aos Sindicatos de Jornalistas filiados, para que façam a divulgação entre seus filiados.
A orientação do Departamento de Saúde, Previdência e Segurança da Entidade é que os formulários sejam encaminhados às redações para que jornalistas colaborem, respondendo às questões.
No combate ao novo coronavírus, na produção da informação e orientação à sociedade, muitos são os casos de contaminação de jornalistas, relatados em todo o país. Um levantamento preliminar indica que até o momento, cinco profissionais foram vitimados pela doença, dois no Rio de Janeiro, um no Maranhão, um em São Paulo e um no Ceará.
Para iniciar o levantamento, os sindicatos enviarão à FENAJ os dados que já possuem sobre óbitos e infectados. Enquanto isso, os colegas de todo o país receberão nas redações e/ou em seus e-mails o formulário de pesquisa. A proposta é a atualização constante do material para que se possa traçar políticas de saúde para os jornalistas nesse momento de pandemia.
“Para acompanhar a evolução da doença entre a categoria, num cenário de subnotificação e, com isso, readequar a ação sindical sempre que for necessário, convocamos os jornalistas a responderam o formulário”, reforça a presidenta da Federação, Maria José Braga.
Clique AQUI para acessar o formulário e responder