Por Coletivo Foque/Da redaçäo
jkli
A Câmara dos Deputados aprovou em 1º turno nesta quarta-feira (10/7) o texto base da reforma da Previdência. Foto – Luis Macedo/Câmara dos Deputados

A Câmara dos deputados aprovou em 1º turno nesta quarta-feira (10/7) o texto base da reforma da Previdência. Dos 513 parlamentares, 510 estiveram no plenário entre aliados e opositores da proposta em questão. Foram 379 votos a favor e 131 contra a reforma do governo Bolsonaro, que privilegia ainda mais os ricos e aumenta a desigualdade social.

Agora, entra em cena a votação dos destaques com sugestões de alteração à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 6/2019. Em seguida a reforma da Previdência será votada em segundo turno.

Veja quais os negociantes de votos que disseram sim à reforma da Previdência em troca de emendas parlamentares, dinheiro público usado de maneira indevida para compra de votos em benefício do próprio governo.

A favor Contra
379 votos (74,3%) 131 votos (25,7%)

Eram necessários 308 votos

Como os deputados votaram (ordene por nome, partido, voto ou estado)