Curta RN e Cine Natal na pauta do audiovisual potiguar

Por Coletivo Foque/Da Redação
Foto – Wallace Santos
O Fórum Audiovisual do RN voltou a se reunir nesta quarta-feira (10/7), no IFRN campus central, para avaliar propostas dos editais Cine Natal 2019, Curta RN e da Câmara Setorial junto ao governo do Estado.
Cine Natal

Para o realizador audiovisual Wallace Santos, o valor de R$ 200 mil disponível para o edital Cine Natal 2019, proposto pela Prefeitura de Natal, “é absolutamente aquém de qualquer demanda”. Diante dos fatos, ele adiantou que a ideia é, basicamente, utilizar o modelo do edital 2018 com pequenos ajustes. Para isso foi aprovada uma proposta que será apresentada ao núcleo audiovisual da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte).

De acordo com o encaminhamento da reunião, a proposta
para o edital Cine Natal 2019 deverá contemplar:

Duas produções profissionais, cada uma no valor de R$ 50 mil.
Duas produções iniciantes de R$ 30 mil cada.
Duas finalizações, cada uma no valor de R$ 10 mil.
Duas cotas de R$ 10 mil distribuídas entre mostra, formação, cine clubismo, roteiro.

Curta RN

Segundo o representante da Fundação José Augusto, Arthur Henrique, o governo do Estado tem um edital para o audiovisual que está prestes a ser lançado. “Já foi até apresentado durante o Curta Caicó. A direção da fundação pretende lançar todos os editais ao mesmo tempo, acho que nos próximos dias, não vai demorar”.

Ele acrescentou que nas reuniões da Câmara Setorial do Audiovisual ficou marcado que voltaria a se reunir quando a minuta do edital já estivesse no site, “pra gente discutir a minuta e formatar o edital de acordo com as reuniões”.