Fim de tarde da sexta-feira (18/01) na praia de Pitangui. Sob um céu de intenso azul o vento sopra o mar que sacode suas ondas bem ao lado do pé de figo, um patrimônio natural desse lugar e do seu povo simples e bonito. Ao redor da figueira pessoas vão chegando vestidas de branco, numa homenagem à festividade que não demora a começar.

 

Fotografias: Rogério Marques

Bolas brancas enfeitavam a passarela repleta de sonhos a espalhar saúde, afeto, diálogo, amor, respeito, em plena sintonia com o janeiro branco. O lema da campanha – Quem cuida da mente, cuida da vida, chama a atenção para a saúde mental. Diante de toda essa empatia, faz-se necessário o respeito à diversidade para conviver em harmonia com o outro. Um exercício que precisa fazer parte da vida das pessoas.

No cento do evento um jogo de tabuleiro conhecido como My Path, criado pela psicóloga Camila Rabuske, onde perguntas e desafios estimulam o autoconhecimento.

Parabéns a Camilha e toda a Comunidade Ativa de Pitangui. Parabéns a todas as pessoas que participaram ativamente e homenagearam o outro com a troca do olhar e o calor humano tão essencial nas relações sociais.

Parabéns às crianças que mandaram muito bem o recado de esperança por um mundo melhor. Mensagens positivas e inspiradoras, cheias de ensinamentos e amor ao próximo. Atitudes do bem que se traduziram em ações nessa 3ª edição do  Janeiro Branco na praia de Pitangui.

Um belo evento que teve na sua programação rodas de conversa com psicólogos(as), entre outros profissionais que tem como foco a saúde mental.

O evento foi encerrado com apresentação de uma canção em homenagem ao Janeiro Branco cantada pela psicóloga Geysa Cabral.

“A gente pensa tanto na nossa saúde física, por que não pensar na nossa saúde mental, que influencia também no biológico e nos relacionamentos pessoais e profissionais. Acreditamos que somos uma geração que tem que fazer a diferença”, declarou Camila Rabuske

Lembrando que a campanha Janeiro Branco foi criada em 2013 por um grupo de psicólogos e psicólogas de Minas Gerais. Um projeto que tem realizado muitas ações do bem em vários lugares do Brasil e do mundo.